Para proteger vasos sangíneos

  • Para proteger vasos sangíneos

    Postado por Gisele em 26/11/2022 até 09:55

    O Que a Vitamina K Faz no Corpo?

    A vitamina K é uma vitamina lipossolúvel necessária para criar três importantes proteínas no corpo. Estas proteínas dependentes de vitamina K ajudam a:

    • Construir ossos saudáveis ao regular a osteocalcina
    • Proteger os vasos sanguíneos ao inibir a calcificação das placas
    • Formar
      coágulos sanguíneos após as lesões ao promover a produção de
      protrombina. A vitamina K é muito importante para o processo de
      coagulação sanguínea. Na verdade, ela recebeu seu nome por causa da
      palavra em alemão para coagulação(“K” de “koagulation”).

    Então, se você quer prevenir a osteoporose, otimizar a saúde do coração e se curar de lesões a longo prazo, o consumo de vitamina K precisa ser uma parte essencial do seu plano!

    Existem Tipos Diferentes de Vitamina K?

    Existem dois tipos diferentes de vitamina K, incluindo a família da K1 (filoquinona) e da K2 (menaquinonas, também conhecidas como MKs, como a MK-4, MK-7 e MK-9). Se você está sobrecarregado com o número de nomes que a vitamina K tem, lembre-se que os termos “K2” e “MK” são intercambiáveis, então resumimos a somente duas formas: K1 e K2 (MK).

    Fontes Alimentares de Vitamina K

    A K1 é encontrada em folhas verdes, enquanto quase todas as formas de K2 são produzidas por probióticos/bactérias boas no cólon humano. A K2 também pode ser encontrada em pequenas quantidades em produtos de origem animal como fígado e laticínios. Humanos adultos necessitam de uma faixa de 90-120 microgramas de vitamina K todos os dias para manter a saúde. Se você está querendo usar alimentos como remédio, veja uma lista dos alimentos principais que contêm vitamina K.

    Fontes Alimentares Principais de Vitamina K

    • Natto (soja fermentada): 850mcg de MK-7 a cada 100 gramas
    • Couve ou Repolho: 530mcg a cada 1/2 xícara
    • Nabo: 426mcg a cada 1/2 xícara
    • Espinafre: 145mcg por xícara (cru)
    • Couve: 113mcg por xícara (cru)
    • Brócolis: 110mcg a cada 1/2 xícara (cozido)
    • Suco de cenoura: 28mcg a cada 3/4 de xícara
    • Edamame: 21mcg a cada 1/2 xícara
    • Abóbora: 20 mcg a cada 1/2 xícara (enlatada)
    • Carnes (K2) 6mcg a cada 100 gramas

    Dicas Para Obter Mais Vitamina K na Sua Dieta

    A vitamina K é uma vitamina lipossolúvel que tem mais chance de ser absorvida se consumida como parte de uma refeição ou lanche contendo gorduras. Para aplicar isso à sua dieta diária, coloque um molho com base de óleo nos seus vegetais ou inclua um pouco de nozes e sementes no seu lanche de brócolis e cenoura.

    Uma maneira ainda mais fácil de adicionar mais alimentos ricos em vitamina k à sua dieta é usar folhas escuras em pó na sua mistura de proteínas para a vitamina da manhã, mistura para panificação, ou mingau de aveia. Você também pode comer chips de edamame ou de couve se estiver com pressa. Refogar vegetais junto com sua carne para fazer um almoço ou jantar rico em vegetais e proteínas é outra maneira fácil e saudável de incluir mais vitamina K.

    Suplementação Alimentar de Vitamina K

    A deficiência de vitamina K1 é rara em pessoas com uma dieta saudável. As deficiências de K2 também são raras, pois humanos produzem a vitamina K de maneira endógena através de metabolismo bacteriano no cólon, caso os probióticos certos estejam presentes. Se a pessoa tem um longo histórico de transtorno de má-absorção, doença celíaca, doença inflamatória intestinal, fibrose cística, uso crônico de antibióticos ou de sequestrantes da bile, ou apresenta sintomas de deficiência de vitamina K (problemas de sangramento e coagulação), eu considero que ela deveria fazer a suplementação de vitamina K com um comprimido ou pó, até que a causa inicial da falta da vitamina seja curada.

    Ao escolher um suplemento de vitamina K, eu sempre aconselho meus clientes a considerarem um de amplo espectro que contenha formas biodisponíveis de menaquinonas, particularmente a MK-7. Se você sabe que consumirá folhas verdes todos os dias em sua dieta e não precisa de mais K1, você pode escolher um suplemento que contenha somente a K2.

    É possível discutir que a forma mais fácil de suplementar vitamina K é tomar um multivitamínico que contenha vitamina K ou um suplemento para a saúde dos ossos que contenha K2. Muitos suplementos de cálcio agora contêm vitamina K para ajudar a construir a matriz óssea, para que você possa combinar seus nutrientes em um comprimido de maneira mais fácil. Confira os rótulos antes de comprar e sempre consulte seu médico antes de comprar um suplemento oral de vitamina K. A vitamina K em forma de suplementos pode interagir com a warfarina/coumadin e pode mudar as concentrações sanguíneas de medicamentos para a coagulação, que podem levar a efeitos colaterais sérios.

    Cremes de Vitamina K

    Novos estudos mostraram que os cremes de vitamina K podem ser usados para prevenir ou minimizar a aparência de hematomas. Muitos extrapolaram que isso pode significar que cremes de vitamina K também podem ajudar a disfarçar olheiras, já que elas resultam de extravasamento de fluidos dos vasos sanguíneos (de maneira similar a um hematoma). Para usar o creme de vitamina K, aplique de manhã e à noite sob os olhos e espere de 4 a 6 semanas para ver se ajuda a reduzir a aparência das olheiras. Se você quer incrementar sua rotina de tratamento para a área dos olhos deixando-a mais saudável, considere um creme antioxidante de vitamina K que também contenha extratos de frutas ou ervas vulnerárias como a aloe.

    Nota especial: eu sempre recomendo que você siga a recomendação do seu ginecologista e obstetra em relação à suplementação com vitamina K em recém-nascidos para prevenir o sangramento por deficiência de vitamina K/doença hemorrágica clássica do recém-nascido (SDVK). Já que a vitamina K não é bem absorvida pela placenta e o leite materno tende a ser pobre em vitamina K, muitos bebês (particularmente os que são amamentados) apresentam risco de desenvolver transtornos relacionados a sangramentos que podem ser fatais, a não ser que suplementem com vitamina K em suas primeiras semanas de vida. A melhor maneira de administrar esta vitamina K a bebês é com uma dose específica injetada no músculo uma vez. Siga as orientações do seu pediatra ou ginecologista/obstetra sobre isso e forneça ao seu bebê essa vitamina que tem o potencial de salvar vidas.

    Gisele respondeu 2 meses atrás 1 Membro · 0 Respostas
  • 0 Respostas

    Desculpe, não foram encontradas respostas.

    Saúde Natural
    SAÚDE NATURAL:

    Faça parte da nossa Comunidade

    O portal gratuito que você sempre quis

    Comunidade sobre Saúde sem Censura e Preconceito