Como lidar com uma ataque de pânico

Como lidar com uma ataque de pânico

Um ataque de pânico é uma sensação de ansiedade repentina e intensa.
Os ataques de pânico também podem ter sintomas físicos, incluindo tremores, sensação de desorientação, náusea, batimentos cardíacos rápidos e irregulares, boca seca, falta de ar, sudorese e tontura.

Os sintomas de um ataque de pânico não são perigosos, mas podem ser muito assustadores.
Eles podem fazer você se sentir como se estivesse tendo um ataque cardíaco, ou que vai desmaiar ou até mesmo morrer. A maioria dos ataques de pânico dura de cinco minutos a meia hora.

 

Como lidar com um ataque de pânico

O professor Paul Salkovskis, professor de psicologia clínica e ciências aplicadas da Universidade de Bath, diz que é importante não deixar que o medo de ataques de pânico o controle.

“Os ataques de pânico sempre passam e os sintomas não são um sinal de que algo prejudicial esteja acontecendo”, diz ele. “Diga a si mesmo que os sintomas que você está sentindo são causados pela ansiedade.”

Ele diz para não procurar distrações. “Enfrente o ataque. Tente continuar fazendo as coisas. Se possível, é importante tentar permanecer na situação até que a ansiedade diminua.”

“Enfrente seu medo. Se você não fugir dele, você está se dando a chance de descobrir que nada vai acontecer.”

À medida que a ansiedade começa a passar, comece a se concentrar em seu entorno e continue a fazer o que estava fazendo antes.

“Se você está tendo um ataque de pânico curto e repentino, pode ser útil ter alguém com você, garantindo que ele passará e os sintomas não são nada para se preocupar”, diz o professor Salkovskis.

 

Exercício de respiração para ataques de pânico

Se você está respirando rapidamente durante um ataque de pânico, fazer um exercício de respiração pode aliviar seus outros sintomas. Tente isto:

  • respire o mais lenta, profunda e suavemente possível, pelo nariz
  • expire lenta, profunda e suavemente pela boca
    algumas pessoas acham útil contar constantemente de um a cinco em cada inspiração e expiração
  • feche os olhos e concentre-se na sua respiração

Você deve começar a se sentir melhor em alguns minutos. Você pode se sentir cansado depois.
Visite o site No Panic para outro exercício de respiração para acalmar o pânico.

Maneiras de prevenir ataques de pânico

“Você precisa tentar descobrir em que estresse específico você pode estar que pode piorar seus sintomas”, diz o professor Salkovskis. “É importante não restringir seus movimentos e atividades diárias.”

  • Fazer exercícios respiratórios todos os dias ajudará a prevenir ataques de pânico e a aliviá-los quando eles estiverem acontecendo
  • O exercício regular, especialmente o exercício aeróbico, ajudará você a gerenciar os níveis de estresse, liberar a tensão, melhorar seu humor e aumentar a confiança
  • Coma refeições regulares para estabilizar seus níveis de açúcar no sangue
  • Evite cafeína, álcool e fumo – estes podem piorar os ataques de pânico. Os grupos de suporte ao pânico têm conselhos úteis sobre como você pode gerenciar seus ataques com eficiência. Saber que outras pessoas estão experimentando os mesmos sentimentos pode ser reconfortante. Seu GP pode colocá-lo em contato com grupos em sua área
  • A terapia cognitivo-comportamental (TCC) pode identificar e mudar os padrões de pensamento negativo que estão alimentando seus ataques de pânico

É um transtorno do pânico?

Se você se sente constantemente estressado e ansioso, principalmente sobre quando seu próximo ataque de pânico pode ocorrer, você pode ter transtorno do pânico.

Pessoas com transtorno do pânico podem evitar situações que possam causar um ataque de pânico. Eles também podem temer e evitar espaços públicos (agorafobia).

“Não há solução rápida, mas se seus ataques estão acontecendo repetidamente, procure ajuda médica”, diz o professor Salkovskis.

Responses

Saúde Natural
SAÚDE NATURAL:

Faça parte da nossa Comunidade

O portal gratuito que você sempre quis

Comunidade sobre Saúde sem Censura e Preconceito