Pirâmide Alimentar Saudável 2013

Em 2013 aperfeiçoamos a nossa pirâmide alimentar de forma a refletir uma alimentação saudável em prol do equilíbrio nutricional para aumento da saúde.
A pirâmide alimentar é uma forma gráfica que recorre a esta figura geométrica para representar as quantidades e tipos de alimentos que uma dieta saudável deve conter. Na base encontram-se os produtos que devem ser consumidos em maior quantidade, cada nível superior representa um consumo cada vez menos frequente.

Esta nova pirâmide é baseada nos últimos estudos científicos, está optimizada para incrementar a ingestão de sais minerais, vitaminas, fibras e antioxidantes que contribuem para um regular funcionamento do organismo. Ao seguir um tipo de dieta baseada nestas recomendações poderá prevenir e melhorar doenças como:

  • Hipertensão;
  • Diabetes;
  • Doenças cardiovasculares;
  • Cancro;
  • Cáries;
  • Calvície;
  • Colesterol elevado;
  • Hiperglicemia.

Este guia nutricional tem 6 níveis de acordo com a proporção de alimentos que devemos consumir, da base para o pico:

  • 40% deve ser constituído por hortaliças e vegetais como couves, espinafres, aipo, brócolos, couve-flor,   agrião, alface,  rúcula, nabos, abóbora, cenoura, tomate, alcachofra  pepino, curgete, alho francês ou outras hortaliças, deste conjunto devem ser excluídas as batatas;
  • 20% de batatas e leguminosas como feijão, grão e lentilhas;
  • 15% de fruta como citrinos, bananas, mirtilos, maças, pêras, framboesas, ananás, mangas, etc;
  • 15% de frutos secos como nozes, amêndoas e avelãs, abacates, azeite virgem extra ou qualquer tipo de óleo sem refinação e tratamento químico;
  • 10% de cereais integrais em forma de pão, massas, pastas ou flocos;
  • 3 vezes por semana refeições contendo leite, ovos, peixe e iogurtes naturais;
  • 1 vez por semana carne, queijo, doces e sobremesas.

Os produtos a consumir devem ainda:

  • Ser de preferência de origem e produção biológica, sem químicos e pesticidas de forma a reduzir a carga de toxinas no organismo;
  • Origem de produção local e regional, quanto maior a proximidade entre a produção e comercialização maior será o estado de maturação com que são colhidos e consequentemente terão um valor nutricional superior em vitaminas e sais minerais;
  • Corresponder à época tradicional de cultivo. Vegetais ou fruta fora de época são produzidos recorrendo a métodos artificiais ou viajam do outro lado do Mundo.

A mudança de hábitos alimentares é difícil e demorada, no entanto um esforço no sentido de aproximação às recomendações desta pirâmide alimentar podem trazer a médio e longo prazo inúmeros benefícios para a saúde.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>