Ervas e Especiarias para controlar Glicemia

A glicemia mede a concentração de glicose no sangue e pode ser controlada através de algumas especiarias e ervas.

Ao ingerirmos fruta, pão, massas ou qualquer outro alimento rico em hidratos de carbono, o nosso sistema digestivo transforma-os em glicose, a fonte de energia para sobrevivermos e que é utilizada pelos músculos, órgãos vitais e cérebro para funcionarem. Proteínas e gorduras são também utilizadas no processamento de obtenção de glicose mas com menos frequência.
O nosso organismo produz uma hormona denominada insulina que funciona como uma chave que permite abrir a célula para a entrada da glicose. Se existir uma anomalia na produção desta chave (insulina), então a glicose no sangue aumenta. Valores elevados deste açúcar em circulação (hiperglicemia) durante muito tempo causam complicações graves na saúde.

Diz-se que uma pessoa sofre de diabetes tipo 2 quando:

  • O seu organismo não produz chaves suficientes (insulina) para facilitar a entrada da glicose nas células, levando consequentemente ao aumento dos níveis de açúcar no sangue (hiperglicemia);
  • Embora possa produzir chaves suficientes, as fechaduras das células que permitem a entrada da glicose começam a funcionar mal, isto é deixam de abrir, chama-se resistência à insulina.

Hipoglicemia

Baixos níveis de glicemia são considerados quando os valores são inferiores a 70 mg/dL. Normalmente devem-se a maus hábitos alimentares como jejuns prolongados ou falta de refeições regulares e nutritivas. A toma de uma bebida açucarada pode resolver momentaneamente o problema.

Hiperglicemia
Níveis em jejum superiores a 110 mg/dL indicam valores elevados de glicose que em longos períodos de tempo provocam danos nos orgãos vitais do corpo e sintomas iniciais de sede, vontade frequente de urinar, infecções e cansaço.

Prevenção
Prevenir é o melhor remédio. Ao mantermos o nosso corpo saudável estamos a assegurar que a nossa pequena fábrica de chaves e fechaduras funcione corretamente, e que nunca irá produzir os elementos essenciais à nossa saúde nem em menor quantidade nem com defeito.
Para assegurar a longevidade e regular funcionamento deste mecanismo que alimenta as células com a energia necessária deve seguir os seguintes conselhos:

  • Coma 6 refeições ligeiras por dia;
  • Evite os hidratos de carbono na sua forma refinada como açúcar, xaropes de glucose, pão branco, pastas e massas de farinha branca, bolos, refrigerantes, gomas, rebuçados ou qualquer outro alimento com grande adição de açúcares ou adoçante;
  • Opte por alimentos integrais;
  • Pratique exercício físico pelo menos 3 vezes por semana, de preferência com pesos, para desenvolver e manter a massa muscular. Os músculos são as células com mais receptores de insulina (fechaduras);
  • Vá reduzindo o consumo de hidratos de carbono ao longo do dia, de forma que ao jantar consuma o mínimo possível de açucares;
  • Aumente o consumo de alimentos ricos em Ω3-Ómega 3 pois reduzem o risco de diabetes;
  • Evite o consumo de bebidas alcoólicas;
  • Não fume;
  • Obtenha uma tabela com o índice glicémico dos alimentos. Reduza o consumo dos de valor mais elevado especialmente ao fim do dia.

As seguintes ervas e especiarias associadas a uma dieta equilibrada podem ajudar a manter os níveis em valores normais:

  • Ginseng (Panax Ginseng) – A sua ação adaptogénica faz aumentar a longevidade e o crescimento das células normais. Tomar em cápsulas de 200mg por dia de manhã, em tintura ou por cozimento de 1 grama da raiz por chávena;
  • Feijoeiro (Phaseolus Vulgaris) – A presença de crómio nas vagens da planta sem os feijões fazem com que seja indicado no tratamento de diabetes. Deve ser tomado em infusão de 2 pequenas vagens por chávena, no total de 2 a 3 chávenas por dia;
  • Alho (Allium Sativum) – Tem efeitos hipoglicemiantes devido aos seus compostos sulfurosos. Formas de consumo através de alho cru (2 a 3 dentes por dia), em cápsulas ou tintura;
  • Salva (Salvia Officinalis) – As infusões de uma colher de sobremesa das suas folhas por chávena antes das refeições reduzem os níveis de açúcar;
  • Canela (Cinamomo) – Diversos estudos demonstraram que aumenta a sensibilidade à insulina e controlo dos níveis de glicose no sangue a partir de 2 colheres de chá por dia.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>