Ajuda nos problemas digestivos

São cada vez mais frequentes os problemas de digestão que podem tornar-se crónicos se não tomar medidas corretivas quanto aos hábitos alimentares.

Como ter boa digestão e funcionamento dos intestinos

Digestões difíceis e demoradas, inchaço e dor na barriga, gases, prisão de ventre (obstipação) ou diarreia são alguns dos problemas mais comuns e inconvenientes  que para além de causar desconforto e diminuição na qualidade de vida, a longo prazo podem gerar problemas mais graves como deficiente absorção dos nutrientes dos alimentos, infecções crónicas nos intestinos e câncer/cancro.
A correcção do problema pode passar por medidas tão simples como evitar alimentos para o qual pode ser alérgico e incluir outros que promovem o equilíbrio saudável da flora intestinal.

Glúten
O glúten é uma proteína presente em cereais como o trigo, centeio e cevada. Estima-se que cerca de 2% da população seja intolerante a esta proteína. O excesso de consumo de alimentos com glúten mesmo em pessoas sem intolerância pode causar:

  • Problemas de pele como psoríase e artrite;
  • Redução da produção de serotonina no organismo, responsável pela comunicação dos neurónios e que tem como efeito perturbação no sono, apetite e que pode conduzir a estados de depressão e ansiedade.

Reduza o consumo de alimentos contendo glúten especialmente com origem no trigo e preparados com farinha refinada como pão, bolos, massas e pizzas.

Trangênicos
Evite os alimentos OGM (Organismos Geneticamente Modificados) ou transgénicos pois foram alvo de manipulação biotecnológica e podem provocar alterações na digestão e causar efeitos secundários ainda pouco conhecidos. Os alimentos mais comuns são o milho, beterraba, soja e seus derivados como açúcar, lecitina, sacaroses, proteínas e óleos vegetais.

Probióticos
Tome suplementos probióticos e enzimas com frequência para estimular o crescimento de bactérias benéficas no intestino. Existem muitos suplementos no mercado que podem ajudar e devem conter:

  • Betaína HCL;
  • Papaína – enzima presente na fruta papaia;
  • Extrato de pancreatina e bílis de boi;
  • Extrato de pepsina.

Aloe Vera
A acumulação no cólon de resíduos tóxicos como resultado do mau funcionamento digestivo em períodos prolongados de obstipação ou problemas como doença de Crohn, diverticulite ou colites pode ser resolvida com o consumo regular de Aloe Vera (babosa) pois ajuda a restaurar o regular funcionamento do trato intestinal.

Vinagre
O vinagre de cidra, preferencialmente o não refinado, não filtrado nem aquecido é um excelente auxiliar para  a digestão quer pelas suas enzimas naturais, quer pela acidez, deve ser usado para temperar os pratos como saladas e vegetais cozidos ou como suplemento tomando uma colher de sopa durante as refeições.
Tente as variedade de vinagre com origem biológica pois como vimos em http://www.saudenatural.info/alimentos-organicos-que-valem-a-pena/ as maçãs são das frutas com maior teor de pesticidas e fungicidas.

Probioticos fermentados para digestão

Fermentados
Neste grupo incluímos comidas como chucrute, pickles, chá kombucha, iogurte natural, kefir e vinagre de cidra já indicado anteriormente. Em comum são alimentados fermentados que estão repletos de bactérias benéficas que ajudam o intestino a absorver as vitaminas, sais minerais e aminoácidos. Eles próprios são extremamente ricos em nutrientes e devem fazer parte de uma dieta saudável.

Chucrute tem origem alemã e é uma conserva de repolho fermentado, muito usada no acompanhamento de carnes pois ajuda a digestão de proteínas.
Kombucha é uma bebida obtida da fermentação de chá preto ou verde, naturalmente adocicada e gasosa.

O kefir obtêm-se do leite (kefir de leite) ou água adocicada (kefir de água). A presença da colónia de leveduras e lactobacilos, denominada grãos de kefir em contacto com um dos líquidos mencionados dá origem a uma bebida de grande valor probiótico.

Outros
Juntamente com as refeições pode incluir-se frutas como o Ananás/Abacaxi e Papaia pois são ricas em enzimas que ajudam a digestão. A hortelã-pimenta também é um ótimo co-adjuvante na ajuda das digestões pois aumento a segregação de sucos gástricos.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>