0 Baixar a mortalidade de forma simples e natural

O Consumo de 7 porções de frutas e legumes pode de uma forma simples e natural reduzir a mortalidade devido a doenças em 42%.

Frutas e Legumes que deve consumir sem químicos


A investigação foi realizada pelo Departamento de Epidemiologia e Saúde Pública da UCL (University College London) e publicada no dia 31 de Março de 2014 no Jornal Cientifico JECH.

O estudo envolveu 65.226 participantes com idade superior a 35 anos entre os anos de 2001 e 2008 seleccionados aleatoriamente no Reino Unido.

Esta associação também concluiu:
  • Redução de Câncer/Cancro em 25% dos indivíduos analisados;
  • Diminuição de morte por doenças cardiovasculares de 31%.

Outras conclusões que consideramos evidentes e que o estudo veio reforçar são que:
  • As verduras tem um efeito protector superior às frutas, veja como exemplo o beneficio dos brócolos;
  • A fruta deve ser consumida na forma fresca, a congelada ou em lata parece produzir o efeito contrário e aumentar o risco de morte;
  • Os sumos e batidos têm um efeito praticamente nulo.

Resumo
Existem fortes evidências que a inclusão nos hábitos alimentares de 7 ou mais doses de fruta e verduras por dia baixam a mortalidade associada a problemas de saúde.
Ler Mais...

0 Aumentar Testosterona Naturalmente

Vários conselhos cientificamente provados para aumentar a sua testosterona naturalmente.


Testosterona é uma hormona masculina cujos efeitos mais importantes no ser humano são:
  • Aumento da massa muscular;
  • Resistência ao stress;
  • Anti-depressivo;
  • Incremento da potência sexual;
  • Diminuição da sensação de medo.

Exames efectuados ao longo das últimas décadas têm demonstrado que o nível médio deste hormônio nos homens tem decrescido para níveis abaixo dos 50% relativamente aos primeiros estudos efectuados. Talvez assim se consiga explicar os problemas de infertilidade de muitos casais, o aumento das depressões e o excesso de peso.
Actualmente muitos homens tomam produtos de testosterona artificial, mas que podem ter efeitos secundários. A agência americana FDA (Food and Drug Administration) está a investigar o risco de acidente vascular cerebral, ataque cardíaco e morte em pessoas que tomam este tipo de produtos aprovados por aquela entidade.

Por estas razões faz sentido adotar um estilo de vida saudável, comer os alimentos certos seguindo as seguintes recomendações:
  • Não use cuecas apertadas;
  • Faça exercício físico com pesos. Os atletas que treinam com pesos mesmo tendo idade avançada tem valores elevados de Testosterona (daqui para a frente designada T);
  • Coma gorduras saudáveis com frequência (diariamente);
  • Controle o stress. O stress aumenta a produção da hormona cortisol que concorre com a T;
  • Deite-se cedo e durma 7 a 8 horas diárias. Diversos estudos tem demonstrado que grande percentagem da T é produzida durante a fase REM do sono;
  • Regule o seu colesterol. Nas células internas dos testículos converte-se o colesterol no hormônio T. Para tal é necessário que controle os seus níveis de colesterol mantendo o LDL (mau) em valores baixos e o HDL (bom) em valores elevados;
  • Perca peso e mantenha o seu índice de massa corporal no nível ideal. As células gordas estão cheias de estrogénio (hormona feminina). Quanto mais mais gordura tiver mais estrogénio tem em circulação competindo com a T para a mesma função. Uma evidência é que alguns homens muito obesos chegam a ter seios;
  • Não faça restrições calóricas cortando em demasia os hidratos de carbono. Diversos estudos tem apontado que dietas com poucos hidratos de carbono conduzem a baixos níveis de T. Coma alimentos ricos em hidratos de carbono na primeira parte do dia e vá reduzindo à medida que a noite se vai aproximando. Opte por frutas, cereais e arroz integral;
  • Apanhe sol. A exposição ao sol propicia à criação de Vitamina D natural pelo organismo;
  • Não ao consumo de drogas. A heroína, opio e a marijuana são 3 das drogas que fazem baixar o nível da T;
  • Evite açúcar e seus derivados. Não consuma refrigerantes ou alimentos com alto teor de açúcar ou xaropes, como bolos, bolachas, rebuçados, caramelos, gomas, etc. Um estudo cientifico tornou evidente que após uma refeição rica em açúcar o nível T baixa cerca de 25%, mantendo-se em níveis mais baixos durante algumas horas;
  • Deixe de fumar. O cigarro contém centenas de químicos que adulteram completamente o sistema endócrino, responsável pelas secreções dos hormônios / hormonas;
  • Não sobreaqueça os seus testículos. Este orgão masculino é responsável por grande parte da T.  Para exercer adequadamente a sua função devem estar um grau de temperatura abaixo do corpo. Cuidado com os banhos demasiado quentes, bancos aquecidos ou computadores portáteis no colo;
  • Minimize os químicos presentes nos alimentos e cosméticos. Muitos alimentos estão cheios de pesticidas e aditivos que a médio prazo provocam uma alteração significativa no sistema que produz as hormonas e nos receptores das mesmas. O mesmo se aplica aos cosméticos cuja absorção se dá ao nível da pele. Opte por alimentos de produção orgânica e cosméticos naturais.
  • Evite a todo o custo tratamentos de Terapia de Reposição/Substituição Hormonal (TRH). O problema é que ao fornecermos T artificial ao organismo durante largos períodos de tempo a produção natural do sistema endócrino pára completamente. Ao retirarmos a TRH é muito provável que a produção de T não regresse aos níveis anteriores com facilidade.

Alguns alimentos essenciais para ajudar a optimizar a produção de Testosterona:
  • Polén de abelhas;
  • Nozes, amêndoas, avelãs e azeite virgem extra para fornecer gorduras de boa qualidade;
  • 2 castanhas do Brasil por dia, muito ricas em selénio;
  • Ostras, bivalves e marisco sem ser de viveiro. Ricos em iodo e zinco essencial para o sistema reprodutor;
  • Sementes de abóbora, ricas em zinco e gorduras saudáveis. Muito bom para a próstata;
  • Citrinos como laranjas, tangerinas, limões e toranjas, ajudam a reduzir os níveis de estrogénio;
  • Gengibre, um estudo demonstrou um aumento de 20% a homens que tomavam suplementos deste rizoma;
  • Alho, tem demonstrado excelentes resultados no incremento da T, volume e qualidade do esperma;
  • Limite o consumo de café. Muito café pode torná-lo muito excitado aumentando os níveis de cortisol;
  • Evite produtos à base de soja refinada, como farinhas adicionadas nalguns alimentos ou em forma de leite.

Alguns suplementos naturais que podem ajudar a otimizar os níveis de testosterona:
  • Ginseng brasileiro;
  • Mucuna Pruriens;
  • Aswagandha;
  • Avena sativa;
  • Nettle roots;
  • Saw Palmetto;
  • Tribulus terrestris;
  • Tongkat Ali.

Conclusão:
O texto é longo e as recomendações são muitas, mas lembre-se que não existe nenhuma cura milagrosa que faça aumentar a testosterona da noite para o dia. Tem-se descoberto que as formas sintéticas trazem muitas contra-indicações como feminização do peito, calvície e diminuição dos testículos ou mesmo cancêr/cancro. Cabe-lhe a si escolher se quer retardar o envelhecimento e continuar a ser um verdadeiro homem chutando a andropausa para os 90 anos.
Ler Mais...

0 Chocolate negro para emagrecer

O chocolate negro pode ajudar a emagrecer.



Médicos / Cientistas da Faculdade de Medicina da Universidade de Granada em Espanha em conjunto com a Faculdade de Ciências Desportivas provaram cientificamente que o chocolate não engorda.
O artigo foi publicado no Jornal de Nutrição, onde os investigadores afirmam que o elevado consumo de cacau está associado a baixos Índices de gordura corporal incluindo a que está localizada na barriga. Estes resultados eram consistentes mesmo que os participantes não fizessem dieta ou qualquer desporto.
A investigação com o nome HELENA (HEalthy Lifestyle in Europe by Nutrition in Adolescence / Estilo de Vida Saudável na Europa através da Nutrição na Adolescência) foi financiada pela União Europeia com o objectivo de estudar os hábitos de alimentação e estilo de vida dos jovens Europeus de 9 países.

No estudo participaram 1458 adolescentes com idades compreendidas entre os 12.5 e 17.5 anos com registo dos alimentos ingeridos durante o dia, medições regulares do peso, altura, tecido adiposo através das pregas corporais, largura da cintura e actividade física.

Outras investigações apontam igualmente nesse sentido, mas convém seguir algumas recomendações para que tenha efeitos eficazes:
  • O chocolate a consumir deve ser da variedade negro, isto é constituído apenas por cacau ou manteiga de cacau e açúcar;
  • Deve optar pelas marcas que tenham 80% ou mais de teor de cacau, pois assim terá menos açúcar incluído;
  • Evite comer em conjunto com outros hidratos de carbono como pão, bombons, bolos, bolachas, refrigerantes ou bebidas alcoólicas;
  • Não coma uma tablete de uma só vez, prefira comer um quadradinho de cada vez;
  • Ingira 2 ou 3 vezes por dia, vários dias por semana.
Ler Mais...

0 Levedura de Cerveja Suplemento Alimentar

A levedura de Cerveja é rica em proteínas, sais minerais e vitaminas do complexo B e muito utilizada como suplemento alimentar com origem em processos naturais.


A sua produção obtém-se a partir de um fungo unicelular (com apenas uma célula) chamado de Saccharomyces Cerevisiae para obtenção da cerveja.
Muito recomendada como coadjuvante de uma alimentação saudável pelo seu alto valor proteico, enzimas, vitaminas do grupo B e sais minerais. Produz acido láctico favorecendo a absorção de cálcio e desenvolvimento da flora intestinal.

Proteínas

O seu conteúdo em proteína é de 40%, um valor bastante elevado acima da carne e do peixe que têm 15 a 25%,  da soja com 35%, amendoins com 25% ou ovos com 12%. Só a alga Spirulina ultrapassa em conteúdo proteico. Possuí todos os aminoácidos essenciais, aqueles que  organismo humano não consegue fabricar

Gordura

Contêm apenas 10% de gordura sem colesterol, nomeadamente ácido aracínico, estearina e palmitina.

Vitaminas

Quantidades por 10 gramas (2 colheres de sopa):
  • Vitamina B1 (Tiamina): 1,2 mg  (85% VDR - Valor Diário Recomendado);
  • Vit. B2 (Riboflavina): 0,4 mg  (24% VDR);
  • Vit. B3 (Niacina): 3,7 mg  (20% VDR);
  • Vit. B5 (Ácido Pantotenico): 1,5 mg  (15% VDR)
  • Vitamina B6 (Piridoxina): 0,4 mg  (20% VDR);
  • Vitamina B7 (Biotina): 0,015 mg  (10% VDR)
  • Vit. B9 (Ácido Fólico): 200 mcg  (100% VDR);
  • Vitamina B12 (Cobalamina): 0,012 mcg  (2% VDR).
Sais Minerais
  • Cálcio: 35 mg (4% do VDR- Valor Diário Recomendado);
  • Crómio: 40 mcg (40% do VDR);
  • Ferro: 0,7 mg (5% do VDR);
  • Magnésio: 20 mg (5% do VDR);
  • Manganésio: 240 mcg (12% do VDR);
  • Fósforo: 120 mg (15% do VDR);
  • Cobre: 50 mcg (3% do VDR);
  • Zinco: 0,95mg (6% do VDR).
Enzimas
  • Proteases;
  • Emulsina;
  • Maltase;
  • Zimase;
  • Invertase.


Contra-Indicações

Os efeitos adversos são pouco frequentes e de baixa gravidade.
Causa gases intestinais (flatulência).
Não é aconselhável a pessoas que sofram de gota (hiperuricémia).
Diabéticos medicados devem consultar o seu médico antes de tomar levedura de cerveja, pois como faz baixar os níveis de açúcar no sangue pode interagir com a medicação.
Não é aconselhável a crianças, simplesmente porque não existem estudos suficientes.

Benefícios
  • Programas de perda de peso devido ao seu alto valor proteico e de crómio;
  • Redução do mau colesterol;
  • Tratamento de acne e furunculose;
  • Diabetes. Alguns estudos têm evidenciado que os suplementos com crómio ajudam a regular os níveis de açúcar no sangue, aumentando a tolerância à glucose e reduzindo a quantidade de insulina necessária;
  • Contra perturbações e mau funcionamento dos intestinos;
  • Coadjuvante no tratamento com antibióticos;
  • Suplemento desportivo pelo seu alto valor proteico, sais minerais e vitaminas.


Consumo

Encontra-se disponível em flocos, comprimidos, pó ou solução líquida.
Deve-se tomar no máximo 2 colheres de sopa de pó ou flocos por dia. Dissolvida em água morna, leite ou suco/sumo durante as refeições. O ideal será tomar 2 vezes por dia, uma colher de manhã e outra mais tarde.
Como algumas variedades de levedura de cerveja tem um sabor desagradável e forte pode optar pelos comprimidos.
Faça sempre um intervalo na suplementação para não criar habituação. Por exemplo tome durante 3/4 semanas e faça um intervalo de 2 semanas.
Ler Mais...

0 Gengibre para uma boa saúde

A raiz do gengibre possuí diversos constituintes que pela sua acção contribuem com numerosos benefícios para a saúde.


A parte utilizada para consumo humano é o rizoma (raiz) de nome cientifico Zingiber Officinale Roscoe, e apresenta um sabor acre e picante.
Com origem na Ásia é utilizada à milhares de anos como erva medicinal na China e Índia no alivio de problemas digestivos, intoxicações alimentares, diarreia, náuseas, artrites, cólicas, problemas do coração, tosse, gripe, constipações, digestão difícil, flatulência (gases intestinais), dores menstruais e em uso externo nas nevralgias e problemas de microcirculação.
Esta planta tem uma grande vantagem, é que para além de ter um custo baixo, uma pequena porção produz efeitos notáveis para atenuar diversos problemas no organismo. Os seus componentes mais ativos são os óleos voláteis e os compostos fenólicos como o os gigeróis e gigaróis.


Usos e Benefícios Medicinais

Sistema Digestivo
Estimula a secreção da saliva e dos sucos gástricos resolvendo más digestões , flatulências (gases intestinais, vulgo peido / bufa / pum / bomba).
Melhora e aumenta o apetite.

Helicobacter pylori
Diversos testes científicos tem demonstrado que destrói as estirpes das bactérias Helicobacter pylori. Estas bactérias são agentes potenciadores de dispepsia, úlcera péptica e desenvolvimento de cancro do cólon e gástrico. (Fonte: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/14666666)

Enjoo, Náuseas e Vómitos
Alivia os enjoos e vómitos associados às viagens de automóvel, barco ou avião.
Outros estudos efectuados em mulheres grávidas sugerem que o gengibre fresco quando utilizado durante curtos períodos (inferiores a uma semana) reduz substancialmente as náuseas e vómitos. Nos testes limitou-se a quantidade máxima a 1 grama por dia.
Tem-se obtido resultados interessantes na redução da duração e intensidade das náuseas nos casos de tratamento do câncer / cancro por quimioterapia. No entanto os resultados têm sido decepcionantes relativamente aos vómitos.

Osteoartrite
Pelo efeito anti-inflamatório é usada na medicina tradicional secular para reduzir as dores associadas às artrites. No entanto, neste caso, ao contrário dos outros benefícios, a melhoria pode demorar algumas semanas até se fazer sentir. Num dos estudos efectuados usou-se a posologia de 250 mg, 4 vezes por dia.

Antimicrobiana 
O efeito anti-bacteriano já referido anteriormente no caso da destruição da H. Pylori estende-se a muitos outros campos com as bactérias periodontais causadoras do tártaro e da inflamação das gengivas que podem levar à perda dos dentes.
O gengibre tem demonstrado excelentes resultados na prevenção da gripe, constipações e tosse. No Outono com o aparecimento das primeiras estirpes virais da gripe deve incluir na sua dieta diária 2 chávenas de chá com pedacinhos da raiz. (Conselhos para fazer chá)

Administração e Consumo
Encontra-se em diversas formas comerciais: 
  • rizoma fresco;
  • rizoma seco;
  • Extrato com óleo;
  • comprimidos, pílulas ou drageias.
Formas de tomar:
  • Chá com água a ferver com pequenos pedacinhos da raiz descascada: 1 grama por chávena 3 vezes por dia;
  • Comprimidos com 0,5 gramas: 3 vezes por dia antes das refeições;
  • Cozinhado e como ingrediente de sopas e pratos;
  • Extrato: Seguir as indicações do folheto, varia de acordo com a concentração.
De um modo geral não tome mais de 4 gramas por dia, incluindo as formas cozinhadas. As grávidas não devem tomar mais de 1 grama.

Contra-Indicações

É muito raro existirem efeitos adversos pelo consumo do gengibre.
Não deve ser dado a crianças com menos de 4 anos de idade.
Em grandes doses pode provocar uma ligeira azia, diarreia ou irritação nas mucosas da boca.
Na gravidez; amamentação; epilepsia; se tiver úlceras; se for efetuar uma cirurgia; anestesia; ter cálculos biliares; tomar medicamentos para tornar o sangue mais fluído como o varfarina (warfarin) ou outros anticoagulantes, deve em todos estes casos mencionados anteriormente informar o seu médico.
Se for diabético e estiver a tomar medicamentos convencionais tenha em atenção que como o gengibre também faz baixar o açúcar no sangue pode incorrer em riscos de hipoglicemia.
Ler Mais...

0 16 Razões para fazer Exercicio

16 Razões para fazer Exercício Físico de forma a aumentar a saúde.




1. Aumenta a longevidade
Diversos estudos têm comprovado que a pratica de alguns exercícios físicos conseguem reverter a diminuição dos telómeros. Os telómeros tem como principal função manter a estrutura dos cromossomos / cromossomas (Sequência longa de DNA que contem vários genes).
Cada vez que uma célula se divide os telómeros diminuem ligeiramente, chegando a um ponto que a divisão da célula é efectuada com defeito. Uma das consequências naturais deste processo é o envelhecimento, contudo diversas investigações cientificas têm concluído que o esporte / desporto que cria massa muscular tem como consequência a manutenção dos telómeros, chegando nalguns casos excepcionais a provocar o seu aumento, significando o aumento da longevidade.

2. Reduz o Estresse / Stress
A sua pratica causa a redução da hormona cortisol responsável pelo estresse / stress. No entanto a duração das sessões não deve ser longa e prolongada, caso contrário terão o efeito contrário. Aconselhamos sessões de tempo máximo de 30 minutos a 50 minutos.

3. Fortalece os Ossos
Uma alimentação rica em cálcio não chega para ter uns ossos fortes e saudáveis. A prática regular de desporto / esporte aumenta a consistência ajudando a fixar o cálcio, atenuando o risco de osteoporose.

4. Regula os níveis de colesterol

5. Diminui o risco de diabetes

6. Aumenta a oxigenação das células

7. Melhora a Saúde mental
O desafio de praticar novas atividades físicas cria ligações ao nível dos neurónios tão importantes e da mesma categoria das que desenvolvemos quando aprendemos uma língua estrangeira, aprendemos música ou qualquer outra disciplina. Consequências: Combate a demência, controla os vícios, aumenta a concentração e a capacidade criativa, estimula a memória e a agilidade mental.

8. Alivia a ansiedade

9. Melhora a vida sexual

10. Aumenta a força muscular

11. Previne os ataques de coração

12. Combate as insónias

13 .Aumenta a energia e capacidade de resistência

14. Melhora o sistema imunitário

15. Combate as depressões
É um anti-depressivo natural, faz como que se sinta mais feliz ao melhorar a sua imagem pessoal e a qualidade de vida.

16. Diminui a probabilidade de câncer / cancro.



Apenas enumeramos alguns dos efeitos positivos para a lista não ser muito longa. Atenção!!! Os benefícios não são instantâneos, são de efeito gradual e crescente à medida que formos mantendo a perseverança na pratica regular do exercício físico.
Se for iniciante deve procurar ajuda de profissionais numa academia / ginásio, adequando o esforço à forma física.
Deverá efectuar aproximadamente 4 sessões intercaladas por semana, nunca excedendo uma duração que não aumente os níveis de estresse /stress. À medida que o seu corpo se for habituando às séries de exercícios praticados mude o programa. É fundamental sair da zona de conforto e testar novas variantes na pratica do esporte / desporto.
Ler Mais...

Delete this element to display blogger navbar

 
Powered by Blogger